Curso on-line sobre uso pedagógico de tecnologias educacionais beneficia mais de 23 mil professores da rede estadual

Um total de 23.619 professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual estão sendo beneficiados com o curso on-line “Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais”, promovido pela Secretaria da Educação do Estado, em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA). Também conhecido por CATE 3, o curso faz parte das ações de valorização da carreira do magistério que estão sendo adotadas pelo Governo do Estado e representará, para os concluintes, um ganho médio de 14% em seus vencimentos até maio de 2019, sendo que 6% já foram antecipados. O investimento será em torno de R$ 348 milhões.

Cursista do CATE 3, o professor de Língua Portuguesa e Redação, Paulo Jorge de Jesus, do Colégio Estadual Raphael Serravalle e do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Apoio Educacional e Tecnologia da Informação Isaías Alves (antigo ICEIA), em Salvador, revela que a formação tem sido gratificante, tanto no âmbito pedagógico, como financeiro. “Profissionalmente, é extremamente necessária esta capacitação no tempo em que as tecnologias sociais estão diretamente ligadas ao trabalho do professor, ampliando as possibilidades de conhecimentos para os nossos estudantes. Trabalhar em sala de aula com a disponibilidade de recursos tecnológicos educacionais é um ganho enorme. Ter um ganho salarial, com certeza, é uma motivação a mais, um reconhecimento do nosso trabalho”.

O coordenador de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Rogério Quintella, explica que o CATE 3 visa a apropriação e efetiva utilização das tecnologias da informação e da comunicação aplicadas ao contexto escolar e ao processo de ensino e aprendizagem nas diversas áreas do conhecimento. Ainda dentro do propósito de fortalecer o eixo pedagógico das escolas e melhorar a qualidade da Educação, completa o gestor, a Secretaria da Educação buscou a parceria com o Google INC, que disponibiliza, gratuitamente, a plataforma Google Apps para a Educação, por meio do projeto e-Nova Educação.

“Os professores cursistas do CATE 3, por exemplo, terão espaço ilimitado e gratuito de armazenamento no e-Nova Educação, que é um projeto desenvolvido pela Secretaria da Educação em parceria com o Google INC, ao qual incluem a formação de professores e o uso de um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, visando dinamizar os processos de ensino e aprendizagem e configurar uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores”, explica Quintella.

Sobre o CAT 3 – Dividida em seis fases, a formação está sendo ofertada na modalidade à distância no ambiente virtual da Universidade Federal da Bahia. Com carga horária de 180 horas, o curso visa atender à demanda de formação continuada dos profissionais da Educação Básica da rede pública de ensino do Estado da Bahia.

Atualmente, os cursistas estão fazendo o primeiro módulo do CATE 3, iniciado em 20 de fevereiro, com finalização neste mês. O segundo módulo será realizado entre setembro e outubro. Dividido por capítulos, o CATE 3 abordou na primeira semana a utilização do Gmail e, na segunda, o uso de formulários. Na terceira semana, o tema foi o Google Sala de Aula e na quarta semana, Google Drive. Nesta quinta semana, os cursistas estão lidando com o Google Apresentações e na sexta e última semana o assunto será planilhas.