SEC implanta sistema de certificação de estudantes da Educação Profissional e Tecnológica

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) implantou o Sistema Certifique, um software de certificação de estudantes da Educação Profissional e Tecnológica, com o objetivo de imprimir melhorias na gestão e tomada de decisão, já que a ferramenta realiza a leitura dos dados da base do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC), que é gerido pelo Ministério da Educação MEC. O órgão federal é responsável, em nível nacional, pelo acompanhamento e certificação de todos os estudantes dos cursos técnicos de nível médio da Educação Profissional e Tecnológica das redes públicas no Brasil. O acesso ao Certifique ocorre através do link http://certifiquepronatec.educacao.ba.gov.br/login.  

Desenvolvido, inicialmente, para a certificação dos concluintes dos cursos Formação Inicial e Continuada (FIC), o Sistema Certifique contemplará, em um primeiro momento, os 6.790 estudantes das turmas do PRONATEC, FIC/EAD inscritos, sendo um percentual de 81.1% de concluintes. Esses alunos irão receber em seus e-mails cadastrados os certificados em formato de PDF, a partir do mês de junho 2021. Todos os certificados constam validados pelo SISTEC/MEC, com informações detalhadas da matrícula do estudante e da situação do mesmo e podem ser consultadas com validade em todo o território nacional.

O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica da SEC, Ezequiel Westphal, falou sobre a importância do sistema e da certificação dos concluintes da Educação Profissional. “O Sistema Certifique contribuirá muito para a organização dos dados da Educação Profissional e Tecnológica no Estado, contribuindo na sistematização das informações dos cursos técnicos e programas federais, no intuito de assegurar certificação com validade nacional”.

Embora gerido pela Superintendência de Educação Profissional e Tecnológica da SEC, o Sistema Certifique foi codificado e desenvolvido pela Assessoria de Planejamento e Gestão e pela Coordenação de Gestão Organizacional e de Tecnologia de Informação e Comunicação, ambas da SEC. O assessor de Planejamento e Gestão da Educação, Matteus Martins, destaca dois aspectos relacionados às melhorias para a educação pública estadual da Bahia a partir do Certifique.

“O primeiro deles é no campo da gestão organizacional. Através desse sistema, o esforço humano do processo de certificação será reduzido e, com ele, o custo humano do trabalho. Além disso, a organização das informações para a certificação propiciará a gestão das informações muito mais efetiva e, portanto, qualificada, permitindo à SEC dispor de elementos que possibilitarão avaliar e qualificar a política pública em questão. O segundo diz respeito à celeridade da certificação que o sistema trará para os estudantes da Educação Profissional”.