Assembleia Legislativa da Bahia destaca o papel da TV Educa Bahia no processo de aprendizagem dos estudantes

A Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa da Bahia promoveu, nesta terça-feira (6), uma audiência pública virtual para apresentar ao público e debater sobre a importância da TV Educa Bahia. No ar desde 1º de março e disponível em diversos municípios de todos os 27 Territórios de Identidade, o Educa Bahia (www.educabahia.ba.gov.br) é um canal de televisão aberto, com sinal digital, com o qual os estudantes contam com uma nova ferramenta de apoio ao processo de aprendizagem. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações complementares, implementadas para o início do ano letivo 2020/2021, com ensino 100% remoto nesta primeira fase.

>> Assista aqui a audiência pública (https://bit.ly/31SJfxg)

Danilo Souza, subsecretário da Educação do Estado, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues, ressaltou a importância da criação da TV Educa Bahia. “Pensar a Educação em período de pandemia é um grande desafio. Com a experiência da TVE, construímos um espaço exclusivo para a Educação que é um grande laboratório de estudo, pesquisa e produção de conhecimento. O projeto prevê encurtar distâncias e levar conteúdo para a casa dos estudantes baianos, ampliando suas possibilidades de estudo”.

Na audiência pública, o diretor geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), Flávio Gonçalves, apresentou a proposta que está sendo executada e destacou a abrangência da TV que está presente em grande parte do estado. De acordo com dados apresentados pelo diretor, o sinal do canal educativo possui a segunda maior rede de TV digital aberta da Bahia e oferece a possibilidade de acesso a 1.835.968 estudantes. “Nossa programação está disponível de forma gratuita e contínua durante 24h, nos sete dias da semana, com um conteúdo a serviço da educação pública da Bahia. Assim como a TVE se transformou em um patrimônio do Estado, temos agora mais um, que vai continuar existindo mesmo após a pandemia e, certamente, irá contribuir constantemente para a formação dos estudantes.”.

A deputada estadual Fabíola Mansur, presidente da comissão, falou sobre a iniciativa. “Enquanto ainda não é possível garantirmos um retorno presencial seguro, precisamos de uma comunicação clara, ampla e diversificada para fazer chegar um conteúdo de qualidade aos alunos das mais diferentes realidades. A TV Educa Bahia vem fazendo este trabalho e tem levado um conteúdo pedagógico para os quatro cantos da Bahia onde a TVE tem sinal e isso é muito importante”.

Além da parlamentar citada, participaram da audiência, os deputados estaduais Angelo Almeida, Bira Coroa; Jurandy Oliveira; Marcelino Galo; Rosemberg Pinto; Maria Del Carmem; Thiago Correia; Olívia Santana; Hilton Coelho; Robinson Almeida; e a deputada federal Lídice da Mata; além de entidades governamentais e da sociedade civil como o Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), Portal Integrado de Salas Virtuais (PISV) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB).
Foto: Divulgação