Curso em parceria com o Sebrae formará professores sobre Educação Empreendedora.

divulgacao whatsapp-image-2018-04-23-at-17-11-36

 

 

 

 

 

 

A Secretaria da Educação do Estado promoveu, nesta segunda-feira (23), uma videoconferência sobre o ‘Programa Despertar Educação Empreendedora’, uma iniciativa do Sebrae que será implantada na rede estadual visando à formação de professores na área do Empreendedorismo. A videoconferência, realizada no Instituto Anísio Teixeira, foi transmitida para as sedes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e teve como objetivo prestar orientações sobre a formação e a metodologia a ser aplicada para fomentar, ainda mais, a Educação Empreendedora na rede estadual.

A formação contemplará duas turmas com 216 professores, que atuarão tanto na Educação Básica quanto nos cursos de Educação Profissional e Tecnológica. O curso será realizado a partir de um ambiente virtual de aprendizagem, que é uma expertise do Sebrae. “A formação tem vários módulos que falam desde noção do empreendedorismo à práticas empreendedoras, criatividade, trabalho em equipe, enfim, tem uma rica pauta de temas que fazem parte da formação e depois o professor se torna um multiplicador com os seus alunos. A perspectiva é que a ação alcance 50 mil estudantes, sendo 40 mil do Ensino Regular e 10 mil da Educação Profissional”, afirmou o superintendente de Políticas para a Educação Básica do Estado, Ney Campello.

A atividade contou com a participação de Jorge Khoury, diretor superintendente do Sebrae na Bahia. Ele explicou que o Programa Despertar Educação Empreendedora visa fomentar o empreendedorismo entre jovens estudantes do Ensino Médio, de modo que possam ter uma visão de mundo abrangente, intensificando suas potencialidades. Segundo Khoury, o programa permite que os professores multipliquem os conhecimentos adquiridos junto aos seus alunos para que tenham a percepção real do que é o universo empreendedor, envolvendo a cooperação, a cidadania e a ética.