Secretaria da Educação do Estado abre 14 mil vagas do curso pré-vestibular Universidade para Todos

152606026762aa3c47d2735051a52b3fc7445c4c60

A Secretaria da Educação do Estado abrirá, de 16 a 23 de maio, as inscrições para o processo seletivo dos estudantes interessados em participar do curso pré-vestibular do Programa Universidade para Todos (UPT). Estão sendo destinadas 14 mil vagas. A inscrição é gratuita e estará disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). As aulas serão realizadas de 5 de junho a 14 de dezembro. O edital de seleção foi publicado no Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira (11).

O programa UPT é desenvolvido em parceria com as quatro universidades estaduais (UEFS, UNEB, UEFS e UESC), em diversos municípios da Bahia. Serão ofertadas as disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia. “Este programa tem um caráter de inclusão muito importante, porque é oferecido para aqueles jovens que mais precisam e envolve as nossas quatro universidades estaduais, por meio de um projeto pedagógico que prepara os estudantes para o ingresso no Ensino Superior”, destacou o secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro.

O UPT é destinado a estudantes da rede pública matriculados, em 2018, no 3º ano do Ensino Médio regular estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes; que tenha cursado em escola pública municipal e/ou estadual no Estado da Bahia, o Ensino Fundamental II – 5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes; e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio regular ou modalidades correspondentes.

No ato da inscrição o candidato deverá fazer opção para um único município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, bem como preencher integralmente o formulário de inscrição. A relação oficial dos candidatos selecionados será disponibilizada no dia 30 de maio, no endereço www.educacao.ba.gov.br/universidade para todos, nos sites das universidades estaduais e afixada nos locais em que funcionarão as turmas do curso.

Matrícula – Após a publicação dos resultados, os selecionados serão convocados para a realização da matricula, que acontecerá de 5 a 8 de junho, no local e turno que optaram para cursar. A matrícula somente poderá ser realizada pelo próprio candidato, assistido ou representado pelo pai, mãe ou responsável, se menor de 18 anos, ou por representante munido de procuração com firma reconhecida em cartório.

No ato da matrícula, o candidato deverá apresentar cópia, acompanhada de original, dos seguintes documentos: carteira de identidade e CPF, comprovante de residência; e histórico escolar do Ensino Fundamental II – 5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes, além de documentos específicos referentes à sua situação atual conforme edital.

Último dia para submissão de trabalhos científicos no Virtual Educa Bahia 2018.

Termina, nesta sexta-feira (4), o prazo para que educadores, estudantes e pesquisadores de todo o Brasil submetam os trabalhos científicos para apresentação no XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores eventos mundiais sobre inovação e tecnologia aplicadas à Educação, que será realizado de 4 a 8 de junho, pela primeira vez na Bahia. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 25 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço: virtualeduca.org/encuentros/bahia2018/PT/ponencias

Lançamento – O lançamento oficial da programação do Virtual Educa está marcado para esta segunda-feira (7), às 15h, no Salão dos Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da bahia (CAB), em Salvador, com a presença do governador Rui Costa, do secretário geral José Maria Arlon, que fará a apresentação do conteúdo do evento, e do secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro. No ano passado, o evento reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia. Na Bahia, o Virtual Educa Bahia 2018 será realizado de 4 a 8 de junho, no Colégio Iceia e no Porto de Salvador, simultaneamente.

O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”. As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul” voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

O Virtual Educa foi criado em 2001, com o objetivo de fomentar a inovação na Educação para promover a transformação social e o desenvolvimento sustentável, especialmente na América Latina e no Caribe. O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, que reúne os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. Nesta edição do encontro, será lançado o programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade.

Outra inscrição – Também estão abertas, até 20 de maio, no link virtualeduca.org/bahia2018/inscripcion/, as inscrições para os interessados em participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, que será realizado no Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia (antigo ICEIA), no bairro do Barbalho, em Salvador. Para professores e profissionais de Educação das redes municipal, estadual e federal do Estado da Bahia as inscrições são gratuitas.

A III Conferência Territorial Infanto-juvenil pelo meio ambiente tendo como tema‘’As Escolas Da Bahia Cuidando Das Águas’’.

img-20180504-wa0014

Foi realizado no dia 27/04/2018 no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães (Irecê- BA). A III conferência territorial infanto-juvenil pelo meio ambiente tendo como tema‘’As Escolas Da Bahia Cuidando Das Águas’’. Contamos com a participação de 25 escolas municipais e uma da rede estadual (Colégio Estadual Antônio Balbino Iguitu- Ibipeba –BA), por ser a única que contém o ensino fundamental.

Os 26 projetos apresentados pelas Unidades Escolares do NTE 01,  ressaltaram a importância e o uso consciente da água, foram selecionados 8 projetos utilizando a seguinte regra ‘’ jovens encolhendo jovens’’. Os projetos selecionados participarão posteriormente da etapa estadual em Salvador- BA.

A Escola Faustiniano Lopes Ribeiro e a escola Municipal José Francisco Nunes, ambas do município de Canarana com os projetos: o uso do agrotóxico e a contaminação do solo e cuidar da água, cuidar da vida.

A Escola Centro Educacional Licínio Barreto do município de Presidente Dutra com o projeto: nosso futuro dependendo do combustível da vida: água.

A Escola Manoel Honorato de Souza, do município de São Gabriel com o projeto: água, fonte de vida! Chuva gotas preciosas.

A Escola Edizio Mendonça (Quilombola) do município de Barra do Mendes, com o projeto: água boa é água cuidada.

A Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães, de Irecê, com o projeto :uma gota de consciência!

A Escola Municipal Valtenci Rocha Levi, do município de Uibaí, com o projeto: vamos cuidar de Uibaí, cuidando das águas.

A Escola Municipal Tiradentes, do município de Barro Alto, com o projeto :água, economizar faz bem e reutilizar também.

Secretaria da Educação do Estado consulta comunidade escolar sobre o Currículo Bahia

escuta-inspiracional-divulgacao-no-colegio-estadual-governador-antonio-carlos-magalhaes-nte-15-varzea-da-roca-3

A Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta quinta-feira (3), o Dia D da Escuta Inspiracional na Escola. A iniciativa, que envolveu a comunidade escolar e as famílias, tem o objetivo de levantar informações que contribuam para a construção do Currículo Bahia por meio do preenchimento de um formulário online. No Colégio Estadual Governador Antonio Carlos Magalhães, no Piemonte da Chapada Diamantina, a 307 km de Salvador, o momento foi de celebrar a gestão democrática da unidade escolar.

A coordenadora pedagógica, Maria de Lourdes Almeida, destacou a importância de incentivar a participação da comunidade escolar nas decisões da unidade. “Fizemos diversas mobilizações que passaram dos professores, funcionários e alunos. Sabemos que todas as sugestões são importantes, mas nosso principal objetivo são os estudantes, por isso fizemos um trabalho de incentivo que contou com o apoio dos líderes de classe. Por meio do WhatsApp, eles promoveram o link do formulário eletrônico que poderia ser acessado diretamente no celular. Foi um momento de construção de todos para a melhoria na Educação”, contou.

O estudante do 2º ano, Mickelângelo Oliveira, falou sobre a necessidade do engajamento de todos. “É muito bacana ajudar neste momento em que podemos ser ouvidos sobre temas que irão contribuir para a formulação do novo Currículo Bahia. Alguns colegas inicialmente não mostram muito interesse, mas quando conseguimos mostrar a importância da sua participação, percebemos uma mudança de comportamento. E essa mobilização também contribuiu para um trabalho coletivo que envolve toda a unidade”, contou.

A coordenadora de Currículo e Desenvolvimento Humano da Secretaria da Educação do Estado, Jurema Brito, falou sobre os próximos passos da iniciativa. “As informações evidenciadas a partir dos formulários servirão como uma das referências para a escrita do Currículo Bahia, que será elaborado por uma equipe de currículo, formada por professores representantes das redes estadual, municipal e privada do Estado da Bahia, conforme orientações do Ministério da Educação (MEC)”, afirmou.

Escuta na Escola – Esta foi a segunda parte de execução do projeto “Faz Sentido”, que está sendo desenvolvido em parceria com os Institutos Inspirare, Telus e Unibanco. A primeira fase da “Escuta Inspiracional” foi realizada no mês de março, por meio de 80 rodas de conversas realizadas em dez Territórios de Identidade da Bahia. A partir da escuta, foi possível elaborar os questionários para esta segunda etapa, cujos questionários ficaram disponíveis online para acesso de toda a rede estadual de ensino.

Curso em parceria com o Sebrae formará professores sobre Educação Empreendedora.

divulgacao whatsapp-image-2018-04-23-at-17-11-36

 

 

 

 

 

 

A Secretaria da Educação do Estado promoveu, nesta segunda-feira (23), uma videoconferência sobre o ‘Programa Despertar Educação Empreendedora’, uma iniciativa do Sebrae que será implantada na rede estadual visando à formação de professores na área do Empreendedorismo. A videoconferência, realizada no Instituto Anísio Teixeira, foi transmitida para as sedes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e teve como objetivo prestar orientações sobre a formação e a metodologia a ser aplicada para fomentar, ainda mais, a Educação Empreendedora na rede estadual.

A formação contemplará duas turmas com 216 professores, que atuarão tanto na Educação Básica quanto nos cursos de Educação Profissional e Tecnológica. O curso será realizado a partir de um ambiente virtual de aprendizagem, que é uma expertise do Sebrae. “A formação tem vários módulos que falam desde noção do empreendedorismo à práticas empreendedoras, criatividade, trabalho em equipe, enfim, tem uma rica pauta de temas que fazem parte da formação e depois o professor se torna um multiplicador com os seus alunos. A perspectiva é que a ação alcance 50 mil estudantes, sendo 40 mil do Ensino Regular e 10 mil da Educação Profissional”, afirmou o superintendente de Políticas para a Educação Básica do Estado, Ney Campello.

A atividade contou com a participação de Jorge Khoury, diretor superintendente do Sebrae na Bahia. Ele explicou que o Programa Despertar Educação Empreendedora visa fomentar o empreendedorismo entre jovens estudantes do Ensino Médio, de modo que possam ter uma visão de mundo abrangente, intensificando suas potencialidades. Segundo Khoury, o programa permite que os professores multipliquem os conhecimentos adquiridos junto aos seus alunos para que tenham a percepção real do que é o universo empreendedor, envolvendo a cooperação, a cidadania e a ética.

Secretário Walter Pinheiro empossa novos membros do Conselho Estadual de Educação da Bahia.

1524593589afbe7ba87cfe4e74712fc8564dcd3a25 152459351131c64ec6c425210736dc9e7cf219cbc3

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, empossou os novos membros do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE), nesta segunda-feira (23), durante sessão especial do CEE. A cerimônia foi realizada no auditório do Centro Estadual de Educação Profissional Empreende Bahia (CEEP), em Salvador. Foram empossadas a presidente Anatércia Ramos Contreiras, e a vice-presidente Mere Suely Oliveira, para o biênio (2018-2020), além dos conselheiros titulares e suplentes, que cumprirão o mandato de quatro anos (2018-2020).

Na ocasião, Pinheiro ressaltou a importância do Conselho e os desafios da gestão. “São membros que chegam com um nível de inserção e preparação sobre Educação Indígena, do Campo, Quilombola, representantes das secretarias municipais, da área da Educação Profissional, Educação Inclusiva e de todos os aspectos que vão norteando a nossa participação em um Conselho a partir do que a gente pode elaborar para esse novo perfil da Educação e, portanto, preparando o Conselho para a gente caminhar de forma acelerada nessa transformação pedagógica e que nós precisamos levar para as escolas. O Conselho pode nos ajudar muito nisso e eu espero que os novos conselheiros estejam completamente imbuídos nessa tarefa”, destacou.

A atual presidente do CEE, Anatércia Ramos Contreiras, assumiu a presidência para o seu segundo mandato e destacou as novas perspectivas à frente do Conselho. “A intenção é que a gente possa dar continuidade ao primeiro mandato, porque a gente estabeleceu um plano de metas identificando quais são as prioridades e necessidades do Conselho, do que precisa melhorar e avançar no plano interno. No plano externo, já temos muitas ações planejadas no que diz respeito à própria interiorização do Conselho. São ações tanto com os Núcleos Territoriais de Educação, por meio da articulação com a própria Secretaria da Educação do Estado, como a articulação com a Undime e com os conselhos municipais”.

Para a vice-presidente do Conselho empossada, Mere Suely Oliveira, que atuou como conselheira por dois anos, exercer a função de vice-presidente será um grande desafio. “Me sinto honrada com este voto de confiança dos conselheiros e da presidente Anatércia para fazermos uma gestão compartilhada. O Conselho, que está próximo a seus 176 anos, vem trabalhando com muito compromisso para ajudar neste Estado na tão sonhada Educação de qualidade que a gente vem buscando”, salientou.

A cerimônia também contou com a presença do presidente do Conselho em exercício, Clímaco Dias, do ex vice-presidente Wellington Araújo Silva, do Reitor da UNEB, José Bites de Carvalho e do superintendente de Políticas para a Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Ney Campello.

Virtual Educa Bahia 2018 inscreve para a apresentação de trabalhos científicos até 30 de abril.

virtualeduca1

Os educadores, estudantes e pesquisadores que desejarem apresentar trabalhos acadêmicos durante o XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, entre os dias 4 a 8 de junho, devem realizar as inscrições até o dia 30 de abril, pelo endereço: .

A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio. Também seguem abertas as inscrições para a participação no evento, até 20 de maio, através do link . Para professores e profissionais de Educação das redes municipal, estadual e federal do Estado da Bahia as inscrições são gratuitas.

O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”. As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul” voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

Sustentabilidade – O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. A 19ª edição do Encontro marcará o lançamento do programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. No ano passado, o evento reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Saiba mais sobre o Virtual Educa no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Obras estudantis serão expostas no I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB.

1524149975648a57d06bf1bf56d86eb83102ce0721

Dez obras de artes de autoria de estudantes da rede estadual participantes do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, serão expostas no I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB. O evento, que acontece nos dias 3 e 4 de maio, no Campus I da Universidade Estadual da Bahia, em Salvador, foi idealizado com o objetivo de propor a reflexão sobre o ensino da Arte no Brasil e na Bahia, levando em conta o atual momento político educacional brasileiro e a legislação vigente. Durante o fórum, a Banda Juventude Parqueana e o Grupo Streat Dance, do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, fazem apresentações artísticas.

A coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, fala sobre a importância da participação dos estudantes da rede estadual no fórum de arte da UNEB por meio das suas obras de artes visuais selecionadas no V Encontro Estudantil de 2017. “Não é a primeira vez que somos convidados para participar de fóruns ligados às artes e à cultura, na própria UNEB e em outras instituições de ensino, como a UFBA (Universidade Federal da Bahia), e em eventos nacionais, a exemplo da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência). São oportunidades importantes para mostrarmos a produção artística-cultural estudantil da rede estadual e significa reconhecimento do trabalho educacional que a Secretaria da Educação vem realizando no âmbito do ensino contemporâneo da Educação do século XXI”.

O I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB integra a programação da V EXPOTUDO, promovida pela Assessoria Especial de Cultura e Artes da UNEB. O evento é destinado a professores universitários de Arte e do Ensino Básico; coordenadores de cursos de Pedagogia; estudantes; egressos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR); e demais interessados. Temas como “O componente curricular Arte na formação docente do pedagogo na UNEB” e “Práticas pedagógicas em Arte” serão abordados, com destaque para a conferência “O curso de Arte no Brasil pós golpe 2016”, que será ministrada pelo presidente da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM), Marcos Vinícius Pedreira.

Obras do AVE que estarão em exposição:

“Escravamente” – de Ítalo Souza Silva, 2º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Luiz Viana Filho. Irecê. NTE 1

“Tatu em alumínio” – de Marcos Marino da Silva Santos, Tempo Formativo III Eixo VII, Colégio Estadual Getúlio Vargas. Casa Mova. NTE 10.

“A rosa sem cor” – de Jamille Graciete Souza Ribeiro, 2ºano Ensino Médio, Colégio: Estadual do Rio do Antônio. Caetité. NTE 13.

“Alaidão” – de Nilvan Morais Silva, 2º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Professora Aydil Lima dos Santos. Piritba. NTE 14.

“Isso é cagado e cuspido: paisagem do meu Nordeste” – de Maurício Ribeiro Santos, 3º ano, Colégio Estadual Castro Alves, Adustina – Ribeira do Pombal. NTE 17.

“Desempregado” – de Nicolas Rodrigues Gonzaga, 5º ano Ensino Fundamental. Colégio Educandário Imaculado Coração de Maria. Amélia Rodrigues. NTE 19.

“Mosaico Bob Marley” – de André Vieira de Oliveira, 2º ano do Ensino Médio, Colégio Estadual Rafael Spínola Neto. Vitória da Conquista. NTE 20.

“O ópio social” – de Lisandra Pereira Ferreira da Silva, 3º ano Ensino Médio, Colégio Estadual João Galvão Sobrinho. Itamari. NTE 22.

“As estudantes” – de Yasmim Ferreira Ricardo, 3º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Henriqueta Martins Catharino. Salvador. NTE 26.

“O tempo” – de David Allan Brito de Oliveira, 1º ano Ensino Médio, Colégio: Estadual Luís Eduardo Magalhães. Porto Seguro. NTE 27.

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA para diferentes funções.

152414953971df4126fadf8d7ac19397e47197b9c4

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Nesta quinta-feira (19), foram publicados editais no Diário Oficial do Estado (DO) para diferentes funções: técnico de nível médio/ mediador do Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITEC), professor da Educação Básica (substituto), professor da Educação Básica e Básica do Campo, preceptor de Estágio de Enfermagem e pessoal para a Educação Inclusiva, nas funções de: Técnico de Atendimento Educacional Especializado (Técnico AEE), Tradutor/intérprete de LIBRAS.

A orientação é para que os aprovados e convocados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram selecionados. No caso da Região Metropolitana de Salvador, os convocados deverão comparecer à sede da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), sala 138, para a apresentação dos documentos necessários à contratação. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação: http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos

Agente de portaria – A Secretaria da Educação do Estado também divulgou, no Diário Oficial, desta quinta-feira (19), a lista dos candidatos classificados e desclassificados para a função de agente de portaria. Os mesmos terão dois dias úteis subsequentes à publicação no DO para realizar a interposição dos recursos. A ação pode ser feita via internet, através do endereço eletrônico: curso.inscricao@educacao.ba.gov.br, ou por meio do Setor de Protocolo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, localizada na Avenida 5 , nº 550, Superintendência de Recursos Humanos da Educação – SUDEPE/DIPES, 1º andar, sala 123, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O documento do recurso deve constar o endereço para correspondência, telefone, e-mail e assinatura do candidato.

Após a homologação do resultado final, os candidatos aprovados para agente de portaria serão convocados conforme distribuição de vagas, por meio de edital a ser publicado no DOE. Os critérios seguem segundo a opção de função temporária por Núcleo Territorial da Educação (NTE), unidade escolar e município observando rigorosamente a ordem de classificação final do Processo Seletivo Simplificado (lista de ampla concorrência, lista de candidatos negros e lista de candidatos com deficiência).

Professores e profissionais da Educação podem se inscrever gratuitamente no Virtual Educa Internacional Bahia 2018.

1524058571b1bda155ce70b0b781cb13cfd4816c86

Os professores e profissionais de Educação das redes estadual, municipal e federal do Estado da Bahia podem se inscrever gratuitamente para participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, entre os dias 4 a 8 de junho. As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de maio, através do link ou pelo Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Também seguem abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para que educadores de todo o Brasil possam apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 7 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço ou pelo Portal da Educação. Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como para solicitar revisões de possíveis erros. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio e a programação geral do encontro, no dia 25 de maio.

O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”. As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul” voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

Sustentabilidade – O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. A 19ª edição do Encontro marcará o lançamento do programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. No ano passado, o evento reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.