Obras estudantis serão expostas no I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB.

1524149975648a57d06bf1bf56d86eb83102ce0721

Dez obras de artes de autoria de estudantes da rede estadual participantes do projeto Artes Visuais Estudantis (AVE), da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, serão expostas no I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB. O evento, que acontece nos dias 3 e 4 de maio, no Campus I da Universidade Estadual da Bahia, em Salvador, foi idealizado com o objetivo de propor a reflexão sobre o ensino da Arte no Brasil e na Bahia, levando em conta o atual momento político educacional brasileiro e a legislação vigente. Durante o fórum, a Banda Juventude Parqueana e o Grupo Streat Dance, do Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, fazem apresentações artísticas.

A coordenadora de Projetos Intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado, Nide Nobre, fala sobre a importância da participação dos estudantes da rede estadual no fórum de arte da UNEB por meio das suas obras de artes visuais selecionadas no V Encontro Estudantil de 2017. “Não é a primeira vez que somos convidados para participar de fóruns ligados às artes e à cultura, na própria UNEB e em outras instituições de ensino, como a UFBA (Universidade Federal da Bahia), e em eventos nacionais, a exemplo da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência). São oportunidades importantes para mostrarmos a produção artística-cultural estudantil da rede estadual e significa reconhecimento do trabalho educacional que a Secretaria da Educação vem realizando no âmbito do ensino contemporâneo da Educação do século XXI”.

O I Fórum de Arte: ensino e formação na UNEB integra a programação da V EXPOTUDO, promovida pela Assessoria Especial de Cultura e Artes da UNEB. O evento é destinado a professores universitários de Arte e do Ensino Básico; coordenadores de cursos de Pedagogia; estudantes; egressos do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR); e demais interessados. Temas como “O componente curricular Arte na formação docente do pedagogo na UNEB” e “Práticas pedagógicas em Arte” serão abordados, com destaque para a conferência “O curso de Arte no Brasil pós golpe 2016”, que será ministrada pelo presidente da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM), Marcos Vinícius Pedreira.

Obras do AVE que estarão em exposição:

“Escravamente” – de Ítalo Souza Silva, 2º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Luiz Viana Filho. Irecê. NTE 1

“Tatu em alumínio” – de Marcos Marino da Silva Santos, Tempo Formativo III Eixo VII, Colégio Estadual Getúlio Vargas. Casa Mova. NTE 10.

“A rosa sem cor” – de Jamille Graciete Souza Ribeiro, 2ºano Ensino Médio, Colégio: Estadual do Rio do Antônio. Caetité. NTE 13.

“Alaidão” – de Nilvan Morais Silva, 2º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Professora Aydil Lima dos Santos. Piritba. NTE 14.

“Isso é cagado e cuspido: paisagem do meu Nordeste” – de Maurício Ribeiro Santos, 3º ano, Colégio Estadual Castro Alves, Adustina – Ribeira do Pombal. NTE 17.

“Desempregado” – de Nicolas Rodrigues Gonzaga, 5º ano Ensino Fundamental. Colégio Educandário Imaculado Coração de Maria. Amélia Rodrigues. NTE 19.

“Mosaico Bob Marley” – de André Vieira de Oliveira, 2º ano do Ensino Médio, Colégio Estadual Rafael Spínola Neto. Vitória da Conquista. NTE 20.

“O ópio social” – de Lisandra Pereira Ferreira da Silva, 3º ano Ensino Médio, Colégio Estadual João Galvão Sobrinho. Itamari. NTE 22.

“As estudantes” – de Yasmim Ferreira Ricardo, 3º ano Ensino Médio, Colégio Estadual Henriqueta Martins Catharino. Salvador. NTE 26.

“O tempo” – de David Allan Brito de Oliveira, 1º ano Ensino Médio, Colégio: Estadual Luís Eduardo Magalhães. Porto Seguro. NTE 27.

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA para diferentes funções.

152414953971df4126fadf8d7ac19397e47197b9c4

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). Nesta quinta-feira (19), foram publicados editais no Diário Oficial do Estado (DO) para diferentes funções: técnico de nível médio/ mediador do Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITEC), professor da Educação Básica (substituto), professor da Educação Básica e Básica do Campo, preceptor de Estágio de Enfermagem e pessoal para a Educação Inclusiva, nas funções de: Técnico de Atendimento Educacional Especializado (Técnico AEE), Tradutor/intérprete de LIBRAS.

A orientação é para que os aprovados e convocados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram selecionados. No caso da Região Metropolitana de Salvador, os convocados deverão comparecer à sede da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), sala 138, para a apresentação dos documentos necessários à contratação. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação: http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos

Agente de portaria – A Secretaria da Educação do Estado também divulgou, no Diário Oficial, desta quinta-feira (19), a lista dos candidatos classificados e desclassificados para a função de agente de portaria. Os mesmos terão dois dias úteis subsequentes à publicação no DO para realizar a interposição dos recursos. A ação pode ser feita via internet, através do endereço eletrônico: curso.inscricao@educacao.ba.gov.br, ou por meio do Setor de Protocolo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, localizada na Avenida 5 , nº 550, Superintendência de Recursos Humanos da Educação – SUDEPE/DIPES, 1º andar, sala 123, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. O documento do recurso deve constar o endereço para correspondência, telefone, e-mail e assinatura do candidato.

Após a homologação do resultado final, os candidatos aprovados para agente de portaria serão convocados conforme distribuição de vagas, por meio de edital a ser publicado no DOE. Os critérios seguem segundo a opção de função temporária por Núcleo Territorial da Educação (NTE), unidade escolar e município observando rigorosamente a ordem de classificação final do Processo Seletivo Simplificado (lista de ampla concorrência, lista de candidatos negros e lista de candidatos com deficiência).

Professores e profissionais da Educação podem se inscrever gratuitamente no Virtual Educa Internacional Bahia 2018.

1524058571b1bda155ce70b0b781cb13cfd4816c86

Os professores e profissionais de Educação das redes estadual, municipal e federal do Estado da Bahia podem se inscrever gratuitamente para participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, entre os dias 4 a 8 de junho. As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de maio, através do link ou pelo Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Também seguem abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para que educadores de todo o Brasil possam apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018. A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 7 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço ou pelo Portal da Educação. Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como para solicitar revisões de possíveis erros. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio e a programação geral do encontro, no dia 25 de maio.

O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”. As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador. Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação “Cooperação Sul-Sul” voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.

Sustentabilidade – O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil. A 19ª edição do Encontro marcará o lançamento do programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. No ano passado, o evento reuniu mais de 29 mil pessoas em Bogotá, na Colômbia.

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA em toda a Bahia.

152388998700fb22013d7aa9bcbba62ff7751be071

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados, em 2017, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para professores e profissionais da Educação. As convocações acontecem mediante publicações de editais no Diário Oficial do Estado (DO). Até o momento, a Secretaria já convocou 5.524 educadores.

A orientação é para que os aprovados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram convocados, para os procedimentos necessários à contratação e encaminhamento às unidades escolares que possuem vaga para assumirem suas funções. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação: http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos

Para ampliar o quadro e investir, ainda mais, na carreira do magistério estadual, a Secretaria realizou o concurso público para 3.760 vagas de professores e coordenadores pedagógicos, em 2018, com resultado final a ser divulgado no dia 12 de junho.

Ingressos da Campus Party são disponibilizados para estudantes e professores

Estudantes e professores da rede estadual de Educação Profissional e Tecnológica podem se inscrever para participar da segunda edição do Campus Party Salvador 2018, a partir desta segunda-feira (9) até o às 12h do dia 12/4. Para o recebimento de ingressos e obter consequente acesso ao evento de tecnologia será necessário o preenchimento da ficha de inscrição, através dos links https://goo.gl/38wDz7 (para professor) e https://goo.gl/2V8xYm (para aluno). A feira acontece de 16 a 20 de maio, na Arena Fonte Nova, por meio de uma parceria entre a Secretária de Educação do Estado da Bahia com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Serão disponibilizados 500 ingressos para os acessos ao Campus Party Salvador 2018, que serão ofertados em duas modalidades – com barraca (100) e sem barraca (400) –, sendo que a escolha deverá ser feita no ato da inscrição. Os selecionados serão orientados, através dos e-mails, fornecidos no ato da inscrição, para a ativação dos ingressos, dentro de um prazo para cada código individual de acesso. Caso algum dos selecionados não ative o ingresso, o mesmo poderá ser disponibilizado para outro interessado da mesma ou de outra unidade escolar.

A obtenção dos ingressos requer critérios de seleção específicos para professores e estudantes, destacando que a ordem de inscrição será válida para ambos no processo seletivo. No caso dos docentes, eles terão que ser integrantes da rede estadual de ensino, bem como possuir ou orientar projetos na Rede de Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia e ter e-mail ativo. O estudante, por sua vez, terá que estar matriculado na Rede de Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia e frequentando as aulas regularmente, sendo que terão prioridade os que estão inseridos em projetos de pesquisa, desenvolvidos na unidade escolar, e os ligados aos eixos tecnológicos de Informação e Comunicação ou Controle e Processos Industriais.

São critérios de seleção dos estudantes possuírem e-mail ativo e terem, preferencialmente, 18 anos ou mais. A participação de alunos menores de 18 implica em apenas ingressos na modalidade “sem barracas” e requer que o mesmo seja acompanhado de um responsável da unidade escolar e apresente autorização do responsável legal (pai ou mãe, ou tutor, curador ou guardião legais) com firma reconhecida em cartório, no ato da inscrição e durante os dias do evento. O acompanhante do menor também deverá fazer a inscrição para obter o seu ingresso e ter acesso ao evento.

Campus Party Salvador – Durante cinco dias, estudantes de todo o Estado terão a oportunidade de atualizar conhecimentos e trocar experiências por meio de projetos inovadores de iniciação científica, desenvolvidos em sala de aula no âmbito da Educação Profissional e Tecnológica, realizados pela Secretaria da Educação do Estado. A diretora de Empreendedorismo, Inovação e Institucionalização da Superintendência de Educação Profissional e Tecnológica, Danile Sanches, destaca a importância do Campus Party e do incentivo à participação dos estudantes e professores dos cursos técnicos da rede. “O evento tem o intuito de oportunizar uma vivência real com os avanços tecnológicos de ponta, despertando o espírito investigativo, a criatividade e o empreendedorismo, em busca de soluções e inovações que visem transformar e contribuir para o desenvolvimento do Estado da Bahia, promovendo o desenvolvimento social, econômico e ambiental; a interação da Educação Profissional com o mundo do trabalho; a disseminação da cultura empreendedora; e o estímulo à inovação e ao desenvolvimento científico-tecnológico dos estudantes dos cursos técnicos”. Informações sobre o evento no http://brasil.campus-party.org/cpbahia/

Critérios de seleção para obtenção de ingressos:
Para professor:
– Ordem de inscrição

– Ser integrantes da rede estadual de ensino

– Possuir ou orientar projetos na Rede de Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia

– Ter e-mail ativo.

– Para estudante:

– Ordem de inscrição

– Estar matriculado na Rede de Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia

– Estar frequentando as aulas regularmente

– Possuir e-mail ativo

– Ter 18 anos ou mais, preferencialmente. A alunos de menor deverá estar acompanhado de um responsável da unidade escolar e apresentar autorização do responsável legal.

Secretaria da Educação cria Centros Juvenis de Ciência e Cultura em Feira de Santana, Jequié e Irecê

oficina-de-robotica-do-cjcc-foto-divulgacao-3

A Secretaria da Educação do Estado autorizou a criação, organização e funcionamento de mais três Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) na rede estadual. De acordo com portaria publicada no Diário Oficial do Estado (D.O), nesta sexta-feira (6), os Centros serão implantados nos municípios de Feira de Santana, Jequié e Irecê. Os Centros Juvenis têm o objetivo de ampliar a jornada escolar e a diversificar o currículo dos estudantes com oficinas, cursos e atividades voltadas à arte, cultura, inovação e ciência. Cinco unidades do CJCC funcionam nos municípios de Salvador, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, Barreiras e Itabuna.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, destacou a importância do CJCC no âmbito do programa Educar para Transformar. “Este projeto dos Centros Juvenis vai ao encontro daquilo que estamos debatendo nas escolas com educadores sobre a mudança no eixo pedagógico na Educação com um novo perfil de oferta. Criar novas unidades pelo Estado é proporcionar aos estudantes o acesso a um currículo diversificado, com atividades voltadas para a Ciência, Tecnologia, Inovação, mas também para a música, dança, teatro, gastronomia, entre outras, sendo parte integrada da formação e não apenas ações esporádicas. O objetivo também é de criar unidades em diferentes localidades para atender todos os territórios baianos”, ressaltou.

O coordenador do CJCC, Iuri Rubim, explicou como vai acontecer o processo para das unidades. “A partir das portarias de criação, nos próximos dias estaremos publicando o edital para seleção dos gestores, que corresponde a um diretor e três vices, que vão passar por uma avaliação técnica do currículo, além de entrevistas. Paralelamente, estaremos realizando a estruturação das unidades em cada município e, logo após, estaremos fazendo a seleção de professores”, disse.

Iuri ainda contou que a iniciativa para a criação de mais unidades mostra a ascensão do projeto que vem beneficiando a aprendizagem dos alunos. “O CJCC caminha junto com os pilares que norteiam a Educação do Estado. São professores desenvolvendo um currículo diferenciado, os estudantes motivados, pois não há obrigação de estarem lá, mais sim, o interesse voluntário de participarem das diversas atividades desenvolvidas na unidade, além de estarmos conectados com a Educação no século XXI”, concluiu.

Sugestão de Pauta Governo do Estado lança projeto e-Nova Educação em parceria com o Google

e-nova1522841926e00bd101c23c42ef66ac6f85d00037d6

1522842004f96406c20596fd509b63ed2afcc0f291

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, lança, nesta quarta-feira (4), o projeto e-Nova Educação, em parceria com o Google. O projeto vai levar tecnologias digitais para a sala de aula, integrando acesso a internet de alta velocidade com os dispositivos móveis, dentro da proposta de propiciar a contextualização da Educação no século XXI. O lançamento será às 9h, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), com as presenças do governador Rui Costa, do secretário da Educação, Walter Pinheiro, do principal executivo mundial do Google for Education, Bram Bout, bem como dos diretores para o Mercado Internacional, John Vamvakitis, para a América Latina, Rodrigo Pimentel, e para o Brasil, Alexandre Campos Silva.

Para o Secretário Walter Pinheiro, o e-Nova Educação é um marco na contextualização dos processos de ensino e aprendizagem na rede estadual. “O e-Nova Educação é uma iniciativa estratégica que estamos implementando para fortalecer o eixo pedagógico das escolas, por meio de um conjunto de aplicativos de última geração, configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores à realidade do mundo em que vivemos. Este projeto potencializa os processos de inovação nas escolas e contribui efetivamente na preparação dos estudantes para a vida e para o mundo do trabalho”, afirmou.

O e-Nova Educação contemplou, em sua fase piloto, escolas de 11 municípios baianos – Salvador, Feira de Santana, Mata de São João, Camaçari, Lauro de Freitas, Jequié, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim e Luís Eduardo Magalhães –, englobando 20 escolas das mais variadas modalidades de oferta, desde Centros Noturnos de Educação até escolas regulares, passando, também, por Centros de Educação Profissional, dentre outros. Nessa etapa foram adquiridos 300 chromebooks para a utilização no teste e em processos de formação.

O coordenador geral de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria da Educação do Estado, Rogério Quintella, destaca que a meta é chegar a 500 unidades escolares ainda este ano, já tendo sido adquiridos 14 mil chromebooks para a distribuição entre essas escolas.

Formação – No final de 2017, na etapa piloto, foram formados cerca de 650 educadores, 130 dos quais tentaram e tiveram sucesso na obtenção da certificação internacional. “Nesta semana, já superada a fase de projeto piloto, temos 24 mil professores concluindo o primeiro dos dois módulos que compõem a formação inicial para o uso pedagógico dessas tecnologias educacionais, sob a responsabilidade da UFBA, em parceria com o Instituto Paramitas”, completa Quintella.

Youtube – O Projeto conta com um canal no youtube onde estes e diversos outros depoimentos podem ser conferidos: https://www.youtube.com/channel/UC-fijVyDFVtGJBis2t3oSHw

Estudantes já podem solicitar isenção da taxa de inscrição para o ENEM

10696_01

O período para solicitar a isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) 2018 começa nesta segunda-feira (2) e segue até o dia 11 de abril. Assim como os 30 minutos a mais no segundo dia de provas para as disciplinas Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, o processo para solicitar isenção de taxa é uma das novidades do exame deste ano.
Todos os interessados, isentos ou não, deverão se inscrever entre 7 e 18 de maio, com pagamento da taxa até 23 de maio. A aprovação do pedido de isenção não significa que a inscrição está realizada automaticamente. Portanto, para quem se enquadra nos critérios de isenção, serão necessárias essas duas etapas.
Quem teve direito à gratuidade no Enem 2017, faltou aos dois dias de aplicação no ano passado e pretende requerer novamente a isenção no ENEM 2018 deverá justificar a ausência no mesmo período e no mesmo sistema da isenção. A relação de documentos aceitos para cada motivo de ausência está listada no edital, no site ENEM 2018 e no Portal do INEP.

O resultado da solicitação de isenção será divulgado na Página do Participante em 23 de abril. O período de apresentação de recursos será entre 23 e 29 de abril, quando o interessado terá a oportunidade de apresentar novos documentos. Se o recurso for negado, o candidato ao ENEM 2018 ainda terá a opção de se inscrever, em maio, e pagar a taxa de R$ 82.

Beneficiados – Quatro perfis serão beneficiados pela gratuidade, sendo um deles inédito. Será isento da taxa de inscrição o participante que:

Estiver cursando a última série do Ensino Médio em 2018, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
Tiver participado do Encceja 2017, na modalidade do Ensino Médio, na aplicação nacional, para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), ou exterior, e obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento na qual se inscreveu;
Tiver cursado todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e comprovar renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (Lei nº 12.799/2013);
Declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, e estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) por apresentar renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. O participante que solicitar isenção da taxa de inscrição por estar incluído no CadÚnico deverá informar o seu Número de Identificação Social (NIS), único e válido (Decreto nº 6.135/2007).

Link para acesso – https://enem.inep.gov.br/#/crono?_k=mzwt71

Secretaria da Educação do Estado mobiliza estudantes para a eleição de líderes de classe

Mais de 45 mil estudantes da rede estadual deverão ser eleitos líderes de classe para o ano letivo 2018. O processo será realizado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, entre os dias 9 e 12 de abril, mas as escolas já estão sendo mobilizadas com a participação de representantes dos colegiados escolares e dos grêmios estudantis, que dialogam com os estudantes sobre a importância desta liderança, para contribuir com a gestão democrática e participativa das escolas.

No Colégio Estadual Senhor do Bonfim, em Salvador, as eleições para líderes de classe se tornaram um dos principais assuntos discutidos no horário do intervalo. Segundo o vice-diretor do colégio, Fabiano Rocha, o momento está sendo de articulação para o levantamento de candidaturas. “Ficamos na supervisão, observando a articulação deles e com a parte de documentação, mas o protagonismo é dos estudantes. Eles já começaram as conversas com as turmas e até já estão coletando nomes dos possíveis candidatos, para que possam elaborar suas propostas de atuação”, afirmou.

No Colégio Estadual Monteiro Lobato, em Firmino Alves, a 519Km de Salvador, na região Sul do Estado, os membros do Colégio Escolar também estão engajados na atividade. “Começamos nesta segunda-feira a mobilização aqui na unidade. Estamos contando com a colaboração do Colegiado Escolar que está participando das visitas às turmas e da conversa com os estudantes. Estamos falando sobre a eleição, sobre o cronograma e a importância do líder para a turma e para o colégio”, comentou a vice-diretora, Cicleide Soares.

Os estudantes eleitos nas funções líder e vice-líder de classe serão os interlocutores da turma junto à comunidade escolar. Entre as atividades, eles devem cuidar do interesse coletivo, identificando as necessidades da turma relativo à melhoria do processo de ensino e aprendizagem e estimular o bom relacionamento da turma, através do diálogo.

A coordenadora de Articulação de Projetos para a Juventude da Secretaria da Educação do Estado, Helaine Souza, disse que esta será a quarta eleição para líderes de classe na rede estadual. “A rede estadual está caminhando para o 4º ano de eleição de líderes de classe, potencializando a gestão democrática e qualificando as escolas. Com isso, os estudantes estão se engajando nas atividades da unidade, proporcionando e impulsionando a melhoria do aprendizado e do relacionamento com os colegas, professores, além do aprimoramento da gestão e da Educação da Bahia”.

Cronograma da eleição:

Até 28 de março – Mobilização dos estudantes nas escolas por meio de reuniões e seminários internos para discutir as atribuições dos líderes de classe;

2 e 3 de abril – Constituição da Comissão Eleitoral;

4 a 6 de abril – Período de campanha;

9 a 12 de abril – Período de votação;

17 a 28 de abril – Divulgação dos eleitos com lançamento dos nomes no sistema escolar

Secretaria realiza planejamento com gestores dos Núcleos Territoriais de Educação

img-20180328-wa0004

Gestores dos Núcleos Territoriais da Educação (NTE) participam, nesta terça e quarta-feira (27 e 28/03), de um encontro no Instituto Anísio Teixeira, em Salvador, para o planejamento e estratégias de trabalho com técnicos da Secretaria da Educação do Estado. Na programação, estão sendo discutidos o novo perfil de oferta da rede estadual, a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), os Complexos Integrados de Educação (CIE), a Ouvidoria, o Currículo Bahia, Programa Ciência na Escola, Lei de Acesso à Informação, o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC), entre outros projetos desenvolvidos pelo órgão central. A abertura, nesta terça-feira, contou com a presença do secretário da Educação, Walter Pinheiro.

Segundo Pinheiro, o encontro dá continuidade ao processo de alinhamento da Secretaria com os NTE. “Em 2018, continuamos com este trabalho de transformar a rede de Educação em algo único, quebrando barreiras entre a comunicação e as ações conjuntas. A criação da Coordenação dos Núcleos Territoriais de Educação (CONTE) teve esse objetivo de diminuirmos a distância entre a sede e os núcleos, pois sabemos que há necessidade de diminuir os processos burocráticos excessivos para que os NTE tenham mais autonomia para agir”, contou.

O secretário da Educação, Walter Pinheiro, ainda falou sobre algumas ações que estarão sendo implantadas no ano letivo. “O novo perfil da oferta na Educação surgiu deste diálogo com professores e gestores em todo o Estado. Então, estaremos lançando na próxima semana o Projeto e-Nova Educação, uma parceria com o Google, que vai proporcionar uma forma mais dinâmica de aprendizado, dando aos professores novos recursos para promover o ensino e a aprendizagem. É importante destacar que os mais de seis mil conteúdos são produzidos por professores baianos. Também estamos no processo de implantar um curso técnico de nível médio em cada escola de ensino regular, além do sucesso do curso online de aperfeiçoamento com mais de 23 mil professores, em parceria com Universidade Federal da Bahia”, ressaltou.

Para o coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação, José Barreto, da Secretaria da Educação, o encontro é fundamental para a troca de conhecimento entre a Secretaria e os NTE. “Vamos ter a chance de debater sobre diversos aspectos da Educação com os representantes de setores responsáveis das áreas administrativas e de oferta de ensino. Esses dois dias, também servem como um momento para ouvir os gestores dos núcleos de forma presencial e tirar dúvidas e atender sobre demandas que desejem solicitar”, disse.

A coordenadora do Núcleo Territorial de Educação de Juazeiro (NTE 10), Marinês Santos, falou sobre a importância do Diálogo com Gestores. “Essa troca de experiências é fundamental para que possamos encurtar a proximidade, discutir o que é melhor para que aconteça a Educação no chão das escolas. Eu acho que o caminho é esse, a gente precisa dialogar mesmo e tornar as informações mais claras e coesas”, destacou.